Você já deve ter ouvido dezenas de vezes que o pior cenário para um profissional é a chamada “zona de conforto”: aquela inércia provocada pela sensação (enganosa) de que tudo está bem, e que não precisa melhorar. Com o avanço das tecnologias e a concorrência cada vez mais acirrada em todos os setores da economia, esta zona de conforto está mais estreita. Se você passa um mês sem aprender nada novo ou desenvolver uma nova competência, pode ficar para trás. Essenciais para dinamizar a rotina organizacional das empresas, Agile pode ajudá-lo a alavancar sua carreira.

Caso ainda não tenha percebido, Agile e seu principal representante – o Scrum – estão com tudo no mundo corporativo. Implementado inicialmente na gestão e no desenvolvimento de softwares, este modelo de organização de procedimentos já é visto em vários outros setores, da produção de conteúdo às linhas de produção.

E não é para menos: o Scrum possibilita o desenvolvimento flexível e rápido de projetos, de modo que o cliente consiga participar de todas as etapas.Em vez de esperar meses para conseguir um protótipo ou um game, por exemplo, o contratante consegue visualizar o resultado ao longo do tempo. 

Do lado de dentro da empresa, a revolução é ainda maior – o time fica cada vez mais integrado, com rotinas que eliminam a perda de tempo e o gasto desnecessário de energia intelectual.

É por isso que gestores de recursos humanos ficam entusiasmados quando veem candidatos que manjam do Scrum ou de outro método. Considere, a partir de agora, incluir esta competência em seu currículo, além de outras dicas que daremos aqui.

Sem “viralatismo”

Todo mundo sabe que não pega bem se gabar demais em um currículo ou em uma entrevista de emprego, mas você não precisa também minimizar suas qualidades, como se tivesse “complexo de vira-lata”. 

Esta é outra vantagem de aprender mais sobre os métodos ágeis: como o time fica atento a todos os passos de produção (iterações), com resiliência para resolver os problemas rapidamente, você poderá apresentar como habilidade o jogo de cintura necessário para lidar com todo tipo de situação.

Currículo profissional

Além do currículo profissional conciso, honesto, objetivo e chamativo, há outras formas de apresentar quem você é. Um deles é o currículo Lattes, bastante conhecido por quem desempenha carreira acadêmica, e que igualmente não deve ser subestimado ou superestimado. Uma boa dica é por o link do Lattes logo no início do CV, mas isso apenas se você está buscando um emprego nas áreas de ensino, pesquisa e extensão universitária.

A melhor forma de manter-se sempre no jogo, no entanto, continua sendo uma boa e competente conta no Linkedin, que tem mais de meio bilhão de usuários em todo o mundo. A mídia social voltada para o mercado profissional e a construção de networking precisa ser muito bem trabalhada. Um resumo “direto ao ponto”, com foto profissional e todas suas competências são um excelente cartão de visitas.

De nada adianta seu zelo com o Linkedin, contudo, se você ainda mantém hábitos pouco saudáveis nas demais mídias sociais: muitos empregadores gostam de saber se empregarão pessoas descompromissadas ou que possuam opiniões desrespeitosas. Nossas mídias sociais, de um modo geral, ajudam a responder a essas perguntas.

Mão na massa

Se você se interessou por Agile como uma forma de impulsionar sua carreira, não deve perder os treinamentos que a Massimus vem desenvolvendo dentro das companhias ou para turmas regulares. São centenas de profissionais que mudaram os paradigmas organizacionais e colocaram essa competência em um lugar muito nobre de seus currículos.

A Massimus tem os grupos Agile Jobs Br, onde postamos dezenas de vagas relacionadas a Metodos Ageis semanalmente! Para entrar em um dos nossos grupos, veja os links abaixo:

https://chat.whatsapp.com/Hk7kfzYNFYfCUSF44QQXGm

https://chat.whatsapp.com/1WzRCaOrKo667LNxQGCmYg

https://chat.whatsapp.com/3pxjLC5ukFgIyWlS5XGeGt

https://chat.whatsapp.com/29aS0uDRX4b0BH5aG4N4Ui

https://chat.whatsapp.com/FvqxfeUMcth0wThZRtBGc2

× Como posso te ajudar?